Formulário de Login

Pesquisar

Calendário

«  Setembro 2017  »
STQQSSD
    123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930

Nossa enquete

Avalie meu site
Total de respostas: 1

Amigos do site

  • Crie seu site gratuitamente
  • Desktop Online
  • Jogos Online Gratuitos
  • Vídeo Tutoriais
  • Tags HTML
  • Kits de Navegação
  • Estatísticas


    Total Online: 1
    Convidados: 1
    Usuários: 0
    Terça-feira, 26 Setembro 2017, 11.55.34
    Bem-vindo Convidado
    Início | Registrar-se | Login | RSS

    Ana Laux

    Início

           

                   

     Princípios que norteiam a Medicina Tradicional Chinesa

                            

    Baseada na perfeita integração do homem com o Universo e no fluxo de energia vital pelo corpo, a medicina tradicional chinesa segue princípios praticamente intocados há cinco milênios. 
    Esses princípios se baseiam na concepção do Universo segundo o taoísmo, conjunto de tradições filosóficas e religiosas inauguradas pelo mestre Lao Tsé, um contemporâneo de Confúcio, que teria vivido no século 6 a.C.
    A filosofia do tao, diz que a natureza é harmônica e organizada, mas está em constante mutação, influenciou fortemente o budismo e o confucionismo, outras fontes da medicina chinesa. Na visão oriental, tudo o que existe no Universo é feito de energia, inclusive o ser humano. Para que haja saúde física e mental, a energia deve fluir e circular pelo corpo em equilíbrio e harmonia - os dois estados responsáveis pela ordem das coisas na natureza. Quando há bloqueio de energia no organismo, surgem as doenças. Analisando sob essa perspectiva, nenhuma parte do corpo ou da psique pode ser considerada isoladamente.
    Por volta do ano 50 d.C., o filósofo taoísta Wang Chong assim definiu a vida e a morte: "O qi forma o corpo humano da mesma forma que a água se transforma em gelo. E, como o gelo derrete, o corpo que morre volta a ser espírito". No livro Huang Di Nei Jing, ou Princípios de Medicina Interna do Imperador Amarelo, antigo texto considerado até hoje a doutrina fundamental da medicina chinesa, é afirmado que " Não existe lugar onde o qi não esteja."
    A partir do Nei Jing, a prática médica na China, incorpora outros princípios do tao, como a dualidade yin e yang, a Teoria dos Cinco Elementos, esclarece conceitos e padroniza métodos e práticas.